7 de janeiro de 2013

Fica aí no seu mundo, que eu fico aqui, no meu.

   Tumblr_mg9dofsphj1rjl8mfo1_500_large



    Enlouqueci quando te vi vindo na minha direção. Fazia meses que não nos encontrávamos, e eu já tinha ensaio, diversas vezes, aquele momento. No entanto, quando você foi chegando mais perto, com o sorriso estampado no rosto, percebi que eu perdi o meu tempo decorando frases na frente do espelho. Não tenho ideia do que deu em mim, afinal foi eu quem escolhi não te querer mais por perto. Tentei não olhar para o seu rosto, e consegui. Com uma distância menor entre nós, eu tentava olhar para a rua deserta, tentava puxar assunto com outros amigos, tentava me distanciar aos poucos. Contudo, nada disso foi suficiente para você não falar comigo. SIM! Eu não queria olhar para você, não queria sentir o seu cheiro, e não queria, muito menos, ouvir a sua voz. E, quando menos espero, vem você, com a sua voz doce,calma,tímida

e diz:
Oi!
    Confesso que não fazia a mínima ideia do que dizer para você. Não sabia se um "oi" seria suficiente. Não sabia se deveria acrescentar um "tudo bem". Confusa é o meu dilema. "Vamos, Larissa, responda! Não fique aí parada feito uma otária!". Esse era a minha consciência. E tudo o que eu consegui foi dar um sorriso meio bobo, tímido.
   Confesso que não me arrependo da minha resposta. Achei até melhor não ter aprofundado qualquer assunto entre nós. Prefiro deixar do que jeito que está. Cada um no seu canto, cada um com suas amizades, cada um com os seus pensamentos.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

emerge © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.