11 de dezembro de 2014

Já assistiram If I Stay?

Meus amigos costumam me chamar de "sem coração", pelo simples fato de eu não chorar com facilidade ou não demonstrar meus sentimentos ao assistir algum filme, por exemplo. Na época em que "Um amor para recordar" chegou aos cinemas, depois em DVD, foi um espetáculo de lágrimas entre minhas amigas, mas, confesso, até hoje, quando o assisto, não vejo motivo para tanto choro. Acho o enredo lindo e encantador, Nicholas Sparks é um dos meus autores favoritos, e, como sempre, ele sabia o que estava fazendo quando lançou essa obra de arte, mais um romance lindo, mas, para mim, não forte o bastante para me fazer chorar,

Com o romance de John Green, "A Culpa é das Estrelas" teve um efeito bem diferente, mas não o livro, o filme. Acredite, eu não chorei quando terminei a última página do livro, mas, no filme, não aguentei e chorei feito um bebê, literalmente. Confesso que não assisti ao filme todo, não suportei. Essa doença, o câncer, que mata milhões de pessoas por ano, dezenas por dia, me causa calafrios, e eu tive familiares que morreram por causa dela, o que ajudou a eu tomar essa decisão. De qualquer forma, ao ver algumas parte do filme, chorei, chorei e chorei.

No entanto, acredito que nenhum outro filme fez-me chorar tanto quanto "If I Stay". Acreditem, nunca vi filme tão lindo, encantador e envolvente. Nas minhas redes sociais, muita gente comentou o quanto esse filme é lindo, mas nunca criei curiosidade para assisti-lo, até que uma amiga da faculdade me contou do que ele se trata, e na mesma hora fiquei com uma vontade de vê-lo. No entanto, com a correria de provas e trabalhos, acabei deixando "para lá". Com a chegada das férias, veio o famoso tédio! Percebi que, pela manhã, não passa nada de interessante na Tv à cabo, e percebi que o Netflix não tem tantas opções de filmes interessantes. O que me salvou foi a internet e seus sites de filmes online, e foi aí que eu lembrei do filme. Ao assisti-lo, nunca me identifiquei tanto com uma personagem. Alguém que acha que é boa, mas não boa o suficiente para o que realmente quer. Alguém que tem um garoto maravilhoso ao lado, mas que todos os dias fica se perguntando "por que eu?" Alguém que tem um irmão pequeno e, às vezes, sente-se responsável por ele.

Adam & Mia 💕🎵🎶

Mia, é uma estudante que está chegando ao fim do seu ensino médio. Ela toca violoncelo, e decide que quer passar o resto da vida fazendo exatamente isso. Seus pais, dois "ex-roqueiros", dão total apoio à filha. Acontece que Mia acaba chamando a atenção de um certo garoto popular, um garoto que tem uma banda de rock e ama vê-la tocar. Seu nome é Adam. No fim das contas, eles "engatam" em um relacionamento, e, então,  Mia descobre o verdadeiro significado do amor. No entanto, o destino, praticamente, não os quer juntos, e prega uma peça neles.


Uma coisa que me encantou nesse filme foi a relação dela com os pais e com o irmão. Definitivamente, é uma história emocionante, que não há uma pessoa que não derrame uma lágrima por ele.

Esse romance é baseado no livro de Gayle Forman. Lembrando que a autora publicou um novo romance dando continuidade ao "If i stay"; não vejo a hora de lê-lo e assistir ao filme, claro.

Larissa Carneiro


2 comentários:

  1. Confesso que chorei muito na parte que o vô dela senta ao lado da cama no hospital e conversa com ela!

    Beijo
    |Blog ° Instagram ° WL Store|

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você. É uma das cenas mais emocionantes, e que eu chorei pra caramba!

      Excluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...