17 de janeiro de 2015

Quando a saudade bate à nossa porta

Relationship goal

Hoje, eu acordei com uma saudade de você maior do que qualquer outra. Senti saudade principalmente do cheiro do seu cabelo no meu travesseiro, ou dos nossos momentos felizes juntos. Senti saudade do seu bolo de chocolate com gosto de papelão ou do seu arroz todo pregado no fundo da panela. Senti saudade se ver como você me olhava com aquela carinha de anjo. 

Senti falta das nossas caminhadas pelo parque ao lado da minha casa. Senti falta das nossas trocas de e-mail, e senti falta de você dizendo o quanto o meu cabelo cheirava à mel. Sendo falta da sua cabeça encostada no meu ombro. Senti falta dos seus péssimos gostos para filme. 

Senti falta da maneira desengonçada como você comia, senti falta dos nossos banhos quentes juntos. Senti falta de mandar mensagem para você, e senti falta de sentir você embaixo do meu edredom. Senti falta dos seus lábios no meu pescoço. Senti falta dos seus lábios nos meus. 

Senti falta da sua mão suada colada na minha. Senti falta do nosso anel de compromisso nos nossos dedos. Senti falta das nossas risadas juntos. Senti falta de você!

São tempos que não voltam mais, eu sei. Agora, você deve estar com outra garota, fazendo tudo isso com ela, dando a ela toda a alegria do mundo só em estar segurando a sua mão. Eu a sinto todos os dias. E, por mais que eu me recuse a aceitar este fato, cada batida do meu coração ainda lhe pertence. 

Eu senti a sua falta. Eu sinto saudade da gente. Sei lá, só queria que você soubesse. 

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...