23 de junho de 2016

O filme de terror mais FODA de todos: Invocação do Mal 2



Imagem de conjuring and conjuring 2
Imagem via
É com muita alegria que eu começo escrevendo este post, por vários motivos: a) significa que eu tive tempo de vir aqui dar um parecê sobre o meu sumiço nas últimas semanas (faculdade), e que, se você está imaginando que eu tive muitas provas e muitos trabalhos, acertou em cheio! b) tive o prazer de assistir esse filme que você leu no título desta postagem, e, apesar de eu ter morrido de medo, não me arrependo nenhum pouco. Sem mais delongas, vamos ao que realmente interessa para vocês, leitores do blog que estão aqui, provavelmente, para ler um pouquinho do que eu achei sobre o (maravilhoso) Invocação do Mal 2.

Desde que eu assistir Invocação do Mal 1, fiquei apaixonada pela história, pelo casal e pelas pessoas que fizeram um filme ter um roteiro tão bom. Confesso até que não o assisti só uma vez, e sim várias e várias vezes, chamando namorado, amiga, irmão e mãe para me acompanharem. Até hoje, se eu ver que passa na tv à cabo, paro o que eu estiver fazendo para assistir. Até que, nesta última semana, chegou às telinhas do nosso cinema Invocação do Mal 2, e eu estava mega ansiosa para saber o que a crítica achou, o que as pessoas acharam, e o que eu ia achar, é claro. Quer dizer, o primeiro filme foi bom demais para não ter uma "continuação" à altura, mas aí é que entra o incrível diretor James Wan (do mesmo primeiro filme) e nos surpreende com uma história incrível, que te apavora, mas que não faz você levantar da cadeira um só instante.

O filme, assim como o primeiro, conta a história de uma família que teve sérios problemas com um demônio, e que o casal Ed e Lorraine warren foram chamados para resolver. Até aí tudo bem, nenhuma novidade. No entanto, posso afirmar para vocês que o segundo filme está MUITO, MUITO, MUITO melhor do que o primeiro. Este me surpreendeu bastante e era meu filme favorito de terror, até eu assistir Invocação do Mal 2, é claro.

Imagem de the conjuring 2, patrick wilson, and vera farmiga
Imagem via
Tudo nos surpreende: trama, cenário, atores, roteiro, TUDO... até a trilha sonora, onde ouvimos Elvis Presley e outros clássicos dos anos 70. Uma coisa que me surpreendeu bastante foi a interpretação da atriz mirim Madison Wolfe, que arrasou no papel da Jannet e me comoveu bastante com o estado da personagem.

Além disso, Invocação do Mal 2 está bem mais assustador do que o primeiro, fazendo você gritar de susto mesmo, mas, mesmo assim, te deixando ali, quietinho na sua cadeira para você assistir a trama até o final. A história está mais assustadora e, dessa vez, temos algumas diferenças: o nosso casal favorito começa lutando contra rumores de que eles são charlatões, ao mesmo tempo em que nossa família está com enfrentando problemas com o demônio que não a deixa em paz. Até que, em um determinado momento, um padre chama o nosso casal para ajudar essa família, e, então, eles viajam até à Inglaterra para verificar de perto se o que está acontecendo é, de fato, um demônio importunando a família de Jannet.

Imagem de conjuring and conjuring 2

Desde o início do filme, temos susto, temos espírito apavorando a todos, diferente do primeiro filme, que tem todo um "desenrolar', para depois começar, de fato, os sustos. E esse é um dos diferenciais entre ambos.

Tudo o que eu escrevi para vocês é para dizer que Invocação do Mal 2 vale cada centavo do seu ingresso, vale cada tempo do seu final de semana, vale cada ônibus lotado que você virá a pegar para se locomover para assistir ao filme. O filme é simplesmente FODA, te prende do início ao fim e você ainda sai da sala de cinema com aquela sensação de que cada centavo gasto valeu a pena!

Por isso, quem ainda não conferiu esse sucesso, corre que ainda dá tempo, e, de quebra, dá o play no trailer abaixo, para te deixar com mais vontade de assistir! hahaha

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...